uma página de contos. que invento .. ou não.

Labels

diário de uma Irrealidade possível (X)

_
Os meus filhos.
Os meus troncos, onde me agarro para não naufragar, para não sucumbir, seria tão mais fácil para mim desaparecer.
Tão mais fácil.
São três os meus filhos.
E por eles, até a corda que me puxa para baixo no lodaçal onde optei por entrar, mordo.
_

4 comments:

  1. Patti has left a new comment on your post "diário de uma Irrealidade possível (X)":

    Décimo capítulo, ora bem está na hora de dar uma volta nesta vida...e se há coisas em nós mulheres somos peritas é em voltear.

    ReplyDelete
  2. Patti, em 1º lugar as minhas sinceras desculpas pela trapalhada .. as mulheres são exímias a voltear mas esta tua Amiga é péssima com as informáticas e ao tentar apagar um comentário meu que tinha um erro fiz um erro maior: apaguei o teu.

    Em resposta te digo que somos sim, e se assim não fosse a minha heroína não teria sobrevivido para contar a história :)

    Um beijo *

    ReplyDelete
  3. heroínas, sim...
    (posso depreender pelo "sobrevivido para contar" que há uma felicidade à sua espera?)
    e deste-me um novo "mantra"...
    a corda que me puxa para baixo no lodaçal onde optei por entrar, mordo
    choro

    ReplyDelete
  4. Nocas querida .. um beijo e um sorriso *

    ReplyDelete